Quando falta de vitamina A começa a suscitar efeitos no organização, os primeiros sintomas a surgir são a dificuldade para conseguir enxergar a noite, pele seca, cabelos secos, unhas quebradiças e redução no sistema imunológico, com o surgimento frequente de doenças uma vez que gripes e infecções.

A vitamina A é facilmente encontrada em provisões uma vez que a jerimum, cenoura, mamão…

gema de ovo e o fígado e o organização de uma pessoa adulta pode armazenar um estoque de até um ano dessas vitaminas no fígado…

mas nas crianças esse estoque é de somente uma semana, sendo necessária uma reposição.

As Deficiências da Vitamina A

Durante um período de deficiência de vitamina A, os sintomas que surgem são:

• Facciosismo noturna;
• Gripes e resfriados constantes;
• Acne;
• Pele, cabelo e boca secos;
• Dor de cabeça;
• Unhas quebradiças e que se descamam facilmente;
• Falta de gosto;
• Anemia;
• Subtracção da fertilidade

Uma deficiência de vitamina A costuma ser geral em pessoas que sofrem de fome…

idosos e em pessoas que sofrem de doenças crônicas uma vez que uma doença inflamatória intestinal…

por exemplo e até mesmo em pessoas que fazem o consumo de álcool sempre, conhecidas uma vez que alcóolatras.

Quando os riscos de deficiência de vitamina A podem aumentar?

A vitamina A é uma vitamina lipossolúvel ou seja, as doenças que podem rematar afetando a aspiração de gordura no tripa também são capazes de reduzir toda a aspiração da vitamina A.

com isso, surgem problemas uma vez que uma fibrose cística, insuficiência pancreática doenças inflamatórias intestinais…

coleastases e até mesmo casos de cirurgias bariátricas através do by-pass do tripa ténue possuem um sobranceiro risco de suscitar a deficiência de vitamina A.

Além também do sobranceiro consumo de álcool que acaba reduzindo a conversão do retinol para ácido retinoico que é uma forma ativa da vitamina A, responsável pelas funções no organização.

Por essa razão, o alcoolismo também acaba sendo uma justificação para o surgimento da falta da vitamina A no organização.

Quais são as melhores fontes de vitamina A?

Vitualhas de origem bicho que mais possuem vitamina A são os ésteres de retinila…

uma vez que por exemolo o palmitato de reinol que costuma ser convertido em retinol pelo tripa ténue. E nos vegetais, são os carotenoides.

Bons exemplos de fontes de vitamina A que promovem a boa saúde são a batata-doce, cenoura, espinafre, couve, acelga, nabo, brócolis, tomate, mamão, ovos, camarão, salmão, sardinha, atum e outros.

Qual é a quantidade de vitamina A recomendada diariamente?

A quantidade de vitamina A precípuo que é recomendada diariamente costuma variar de negócio com a idade, veja:

• Crianças menores de 6 meses: 400 mcg
• Crianças de 7 a 12 meses: 500 mcg
• Crianças de 1 a 3 anos: 300 mcg
• Crianças de 4 a 8 anos: 400 mcg
• Crianças de 3 a 13 anos: 600 mcg
• Homens maiores de 13 anos: 1000 mcg
• Mulheres maiores de 10 anos: 800 mcg

De modo universal, uma boa e saudável alimento é considerada suficiente para suprir as recomendações diárias de vitamina A.

Mas, caso suplementos de vitamina A sejam necessários para alinhar aos provisões saudáveis…

é precípuo que o uso do suplemento vitamínico seja recomendado por um médico ou nutricionista.